Voltaire ajuda

Voltaire ajuda

quarta-feira, 7 de setembro de 2016

7 de setembro de 2016.

Até a próxima, Voltaire!
E quando lembramos o quanto os povos selvagens foram capazes de fazer, devemos sentir profunda reverência em nossos corações.

A descoberta da gravidade: Francis Bacon e Robert Hooke foram precursores. Não é justo esquecer esses dois, mesmo que gostemos de lembrar que Isaac Newton seja a maior mente científica da história.

E quando lembramos o quanto os povos selvagens foram capazes de fazer, devemos sentir profunda reverência em nossos corações.

A descoberta da gravidade: Francis Bacon e Robert Hooke foram precursores. Não é justo esquecer esses dois, mesmo que gostemos de lembrar que Isaac Newton seja a maior mente científica da história.

Não da para saber se somos mesmos imortais, infelizmente. Sobre a natureza humana, bem, podemos conhecer igualmente muito pouco, mas aqui pelo menos sabemos que o melhor é o caminho virtuoso.

Assim como uma pedra, meu corpo é um objeto físico. É material. Mas eu sou uma matéria e eu penso! Será que uma pedra ou uma lagartixa também pensam? Pergunta parece maluca, mas é bem difícil de responder. A existência da alma? Outra coisa complicada de saber.

Filósofos não são fanáticos e nem desejam guiar multidões, logo, não desejam criar seitas.

Voltaire critica Descartes: abandonou o seu trabalho genial em geometria e se deixou perder nos romances da metafísica. Voltaire defende Descartes: apesar de tudo, o saldo é positivo: Descartes pelo menos demoliu crenças que a dois mil anos nos prendiam e tudo bem que as alternativas que ele nos apresentou não sejam assim tão boas.

Guia de Estudos
Criei, pela milésima vez, um esquema de estudos. E pela milésima vez este esquema de estudos criado é completamente doido. Não posso reclamar mais. Desisti. É algo intrínseco mesmo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá, tudo jóia?
Escreva um comentário e participe.