Voltaire ajuda

Voltaire ajuda

segunda-feira, 12 de setembro de 2016

12 de setembro de 2016.

Excessos
O queijo foi comprado ontem e hoje, menos de 24 horas depois, apenas sobrou um terço dele.
Mas não é este tipo de excesso que a sociedade esperaria, a sociedade pensaria em algo como alcoolismo ou algo como fazer sexo sujo em um banheiro sujo em uma boate suja. Sobre este tipo de coisa os “homens de Deus” rogariam aos céus protestos lancinantes e poetas escreveriam canções de rock para fazer os jovens ficarem aos prantos sozinhos em seus quartos. Mas um maníaco por queijo? Quem ouviria um grito surdo vindo de um maníaco por queijo?
Mas nem para ser um porra louca eu sirvo.

Dilma
Antes uma confissão: deveria tê-la defendido mais diretamente, em vez de no FaceBook apenas mostrado que os golpistas eram um bando de babacas. Mas defendê-la diretamente era complicado porque ela realmente parecia distante, fria, arrogante, fraca diante do jogo normal da política normal. Era virtude e era defeito da Dilma isso (ou defeito meu?). E o PT também dava canseira pela quantidade de problemas com a justiça, mesmo que a gente considerasse que os políticos de oposição e a imprensa “exagerassem” ao lidar com esses casos.

E agora? Agora é começar do zero. Dilma deve percorrer o país e novamente formar uma multidão de apoio. Marcar uma posição diante das besteiras que Temer e seu governo podem fazer e já estão fazendo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá, tudo jóia?
Escreva um comentário e participe.