Voltaire ajuda

Voltaire ajuda

sexta-feira, 9 de outubro de 2015

9 de outubro de 2015

AMOR: - Estou de volta.

QUEIJO: - Estamos de volta. Não consegue ser mesmo constante e agora cismou de que vai conseguir fazer o blog ficar diário.

AMOR: - Mas desta vez vai!

QUEIJO: - Como das outras vezes. Esta há mais de um mês sem editar fotos e já tem gente cobrando novos cartões postais. Vende pouco, mas só de ter ouvido isso já tem o suficiente para realizar uma oferenda aos Deuses pelo mais puro e absoluto milagre! E antes que me esqueça: parabéns pelos vídeos no YouTube!

AMOR: - Sim, sim, e para escapar do Calcanhar de Aquiles dos direitos autorais das músicas; eu aprendi a fazer remixes! Sou multi mídia agora! Sou multi mídia agora! Letra, vídeo e música!

QUEIJO: - Impressionante. E os desenhos e esculturas?

AMOR: - Esculturas vão ser substituídas pelos jardins e desenhar foi a primeira arte que eu quis dominar na vida, sempre vai estar presente dentro de mim.

QUEIJO: - E tem os exercícios físicos que, ainda que timidamente, você começou a fazer. Mas o problema é mesmo uma alimentação saudável. A falta de dinheiro ajuda a falta de disciplina aqui. Mas você esta mesmo mudando. Com a lerdeza ferrada de sempre, mas esta.

AMOR: - E lá vamos nós!

[ ...  ]

[ Algumas palavrinhas depois de ler alguma coisa pequena de Joseph Campbell.

Ensinar mais. Ensinar mais e assumir a responsabilidade por isso. Querer que os fados nos guiassem.

Não esquentar a cabeça ao querer convencer os outros, preocupar-se mais em revelar a radiânsia das suas descobertas.

Quando realizamos a viagem temos um mapa pronto bem dentro de nós. Podemos chamar esse mapa de “mitologia”.

Quando nós dançamos porque resolvemos ouvir o universo cantando para nós; isso também é mitologia.

É a ladainha ritual de algum curandeiro do Congo
São os poemas de Lao-Tsé.
E os mais finos argumentos de São Tomás de Aquino.

Um acordo maravilhoso entre humanos e monstros para que todos pudessem ficar juntos dentro do círculo místico atemporal, de vida, de morte, de ressurreição e ritual.]

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá, tudo jóia?
Escreva um comentário e participe.