Voltaire ajuda

Voltaire ajuda

domingo, 21 de junho de 2015

Análises e uma promessa

Egoísta o suficiente para não ajudar tanto a própria família.
Ao mesmo tempo dono de um desejo de ser amado e aceito tão grande, que quando vê o pastor alemão gigante medroso correndo de medo de você na rua
sente-se chocado e com o peito atingido profundamente.

(Esse pastor alemão, gigante e medroso, tem mais histórias. Coisas curtas, mas que são cheias de valor para mim. Vou contar aqui neste blog em breve.)


Uma ilha deserta com comida e segurança.
Mas quanto tempo as ilusões eróticas e cafonas terminariam em lágrimas e lágrimas?

A solução é mesmo uma cidade cheia de gente estranha, dinheiro e coisas chatas a se fazer, desde que eu saiba que há um espelho com um sorriso verdadeiro para mim. No banheiro e na cama. E, - quem sabe? -, sorrisos também correndo pela casa e querendo aprender e eu conseguindo ensinar.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá, tudo jóia?
Escreva um comentário e participe.