Voltaire ajuda

Voltaire ajuda

sexta-feira, 28 de setembro de 2012

DEPOIS DA ÁFRICA E DA ÁSIA...

 
 
DA SÉRIE: LÚCIO FLÁVIO PINTO E AS LIÇÕES AMAZÔNIDAS

A Amazônia não pode piorar, não pode lembrar os piores momentos coloniais da África e da Ásia. Para impedir isso uma das coisas a serem feitas é praticar jornalismo de verdade. É querer experimentar a realidade, para poder fazer por merecer conhecer a verdade. Tornar a sua busca pela verdade legítima. Jornalismo não pode ser ficar brincando de ler documentos e se esconder com a ajuda de um computador.



O CONTROLE CONSERVADOR (MOMENTO ANARQUISTA?)

Além de controlar o “quando falar”, existe também o “como falar”. Você tem que pedir desculpas não só por querer falar, mas também tem que obedecer na hora de escolher os termos que vai usar.

A fala não é livre. Triste. É bom lembrar que a linguagem é fundamental para identificar o humano.

Até a identidade é atacada. Contra o sistema de cotas raciais e contra o direito de um cidadão se declarar negro? Contra o reconhecimento da dignidade dos homoafetivos e contra o direito de um cidadão se declarar homoafetivo?
É cidadão, mas não pode ter identidade?

Público e privado. Mais um pouco e irão atacar o direito de se unir em grupos e de fazer passeatas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá, tudo jóia?
Escreva um comentário e participe.