Voltaire ajuda

Voltaire ajuda

domingo, 15 de abril de 2012

LEVE A ARTE LEVE


O detalhe a ser observado em uma obra de arte é... Os seus pés!
Os seus pés são delicados? Estamos diante de delicados pés femininos? Se sim, é sinal que a obra possui leveza, um caráter divino, o refinamento de um povo inteiro e não de apenas um indivíduo... Ela é fatalista e popular ao mesmo tempo!

Nietzsche viajava quando ouvia a ópera “Carmen”, de George Bizet. Mas viajava mesmo! Viajava e tropeçava em causas, origens, pelo mundo que a ópera mostrava e pelo mundo que a opera insinuava... Viagens filosóficas, viagens pra lá de Bagdá...

E o mais divertido, observa Nietzsche, é que ele nem precisava se preocupar com os detalhes da viagem. Era tudo natural! Não precisava pensar ou querer. Bastava se deixar levar...
Isso é verdade. Eu sei.

2 comentários:

  1. O viajar nos leva a muitos lugares que já estão dentro de nós. E essa é sem dúvida a melhor viagem .

    As vezes rasga pela garganta mas satisfaz a alma.

    ResponderExcluir

Olá, tudo jóia?
Escreva um comentário e participe.