Voltaire ajuda

Voltaire ajuda

sábado, 3 de março de 2012

CONSELHOS A CONSIDERAR


Se nossos inimigos consideram determinado livro perigoso, é porque o tal livro deve ser razoável.

Bom, o ideal é não ter inimigos, claro. Óbvio! Mas se você encontrar um antagonista de idéias, os autores que ele despreza com força podem ser interessantes.

Mas é importante ficar atentos com o que eu chamo de “Síndrome da Caravana e do Cachorro”. É assim: pessoas que gostem de discussões, debates – e essas coisas são gostosas mesmo, eu pelo menos adoro uma “polêmica” – acabam prestando atenção de mais em pessoas que não pensam como elas e acabam se viciando no prazer em discordar delas.
Ora, você tem que discutir, conversar e aprender com que pensa diferente e com quem pensa igual também. Mas se tal pessoa não dialoga, é intolerante e lhe dá raiva, você deve se afastar. Para quê perder tempo com gente assim?

Uma regra para sapateiros e reis: caridade e respeito às leis.

Não fazer guerras. Pelo menos tentar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá, tudo jóia?
Escreva um comentário e participe.