Voltaire ajuda

Voltaire ajuda

sexta-feira, 4 de março de 2011

MEU CORAÇÃO

UM CORAÇÃO SENSÍVEL
GROSSEIRO COMO UM DIAMANTE BRUTO
QUE NÃO SE DEIXA LAPIDAR NUNCA
SENTE MAL, POR SENTIR DE MAIS
MAS SE A DOR É DELE, É DELE ESTE DIREITO.


Escrevi este poeminha para minha página no FaceBook. Gostei dele. Estava inspirado pela cena final de meu filme favorito, a saber: "Cinema Paradiso". Fui feliz em sua composição. É brega e sincero, isso pra mim é tudo no romantismo. (risos) Espero que gostem também.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá, tudo jóia?
Escreva um comentário e participe.