Voltaire ajuda

Voltaire ajuda

sexta-feira, 4 de março de 2011

2 SUGESTÕES OUSADAS!

Um texto grande e chato. Ruim quando isso acontece, não é? Pelo menos consegui retirar daquele texto duas sugestões de leitura.

Kurt Vonnegut Jr. e seu incrível "Matadouro 5".

Joseph Heller e seu pertubador "Ardil 22".

Não li e já gostei, não li e já recomendo (risos).

Agora deixem eu ir para o Google pesquisar sobre os dois livros...

Este texto é dedicado ao sociólogo, autor do texto chato.

MEU CORAÇÃO

UM CORAÇÃO SENSÍVEL
GROSSEIRO COMO UM DIAMANTE BRUTO
QUE NÃO SE DEIXA LAPIDAR NUNCA
SENTE MAL, POR SENTIR DE MAIS
MAS SE A DOR É DELE, É DELE ESTE DIREITO.


Escrevi este poeminha para minha página no FaceBook. Gostei dele. Estava inspirado pela cena final de meu filme favorito, a saber: "Cinema Paradiso". Fui feliz em sua composição. É brega e sincero, isso pra mim é tudo no romantismo. (risos) Espero que gostem também.

terça-feira, 1 de março de 2011

A LIBERDADE PEDE

Outra vez. Quando tenho uma ótima conexão com a internet, este blog fica prejudicado.

Eu gosto do meu blog, invisto muito nele. O que acontece?

Só quero saber de cinema e música... E ultimamente ando investindo no FaceBook. Pobre blog! Cadê a série "Viajando na maionese com Friedrich Nietzsche"? E Nietzsche é meu filósofo favorito...


É a liberdade, as manhas da liberdade. Com uma conexão lenta, eu tenho que escolher mais e acabo dando prioridade ao que é mais importante. Com uma conexão rápida, a tentação de só ficar na moleza...

Aí chegamos nos conselhos dos mais velhos: liberdade precisa de ordem...