Voltaire ajuda

Voltaire ajuda

sexta-feira, 13 de novembro de 2009

A Vez do Coiote (0 de 5)

O blog do Anguet (anguet.blogspot ) é um dos mais interessantes que já encontrei.

Dois textos dele, "Não tenho tanta Fé para ser Ateu: argumentos lógicos" e "Não tenho tanta Fé para ser Ateu: argumentos científicos"; estão entre os textos que mais me estimularam.

Não concordo com o que esta escrito ali, mas a riqueza é tremenda, tremenda. Absoluta!

Resolvi escrever a respeito, expressando minhas discordâncias. Embora não deseje, nem de longe, mudar opiniões, devo estudar muito para estar à altura de acrescentar algo e corrigir o que acho injusto.
Vou consultar livros de biologia do colégio, livros de divulgação filosóficos e científicos e pensar e pensar muito.


O DEUS DE ESPINOSA

Se sou ateu? Não, de modo algum. Sou agnóstico, mas se Deus existe, só tem um em que acreditaria: o Deus em que acreditava Baruch Espinosa.
Brilhantemente sintetizado pelo Bryan Magee:

"Tudo é Um e esse Um é divino."

O universo que foi, é e será; e suas leis; seus segredos; suas qualidades; suas possibilidades (?) e etc.

Um Deus pessoal além dos limites do espaço, do tempo e da energia de um universo que ele mesmo criou; e que se revela em um livro sagrado de uma religião?
Pode até ser, e na prática eu tento ser um bom cristão, mas não acho essa hipótese muito atraente (do ponto de vista humanista que me abre as portas de um mundo cultural rico).

De qualquer forma, o que eu sei dessas coisas?
Sou apenas um coiote que cai, cai, cai e nunca desiste. E nunca irá desistir de ir atrás da Verdade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá, tudo jóia?
Escreva um comentário e participe.