Voltaire ajuda

Voltaire ajuda

sábado, 7 de novembro de 2009

Anselmo Duarte, Carlos Chagas e a Inveja do Brasileiro

“Sucesso no Brasil é ofensa pessoal.”
- Tom Jobim


Anselmo Duarte morreu. Ele é um dos maiores nomes entre os gigantes da arte nacional, responsável pelo filme “O Pagador de Promessas”.

“O Pagador de Promessas” é um dos dois filmes brasileiros favoritos meus (o outro é “Lavoura Arcaica”). Existe uma diferença. “Lavoura” é um filme totalmente universal, já o “Pagador” é, também, a encarnação da República Federativa do Brasil.


Parece que Anselmo Duarte poderia ganhar dois prêmios Cannes, mas ele teria sido vítima da inveja de alguns brasileiros.
É o que pensei ao ler uma entrevista dele dada ao jornal Pasquim, e republicada no livro “As Grandes Entrevistas do Pasquim”.

O cientista Carlos Chagas, cujos os estudos do Mal de Chagas é caso único na história da Medicina, teria sofrido algo semelhante. Ele foi indicado 3 vezes ao Prêmio Nobel, mas a inveja de alguns brasileiros teriam contribuído para que ele não ganhasse o prêmio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá, tudo jóia?
Escreva um comentário e participe.