Voltaire ajuda

Voltaire ajuda

quinta-feira, 15 de outubro de 2009

Apenas eu

Queria lutar com a Claudinha Gadelha... (risos) Eu não entraria em pânico. O problema é que, do jeito que sou, depois de ficar derrubado no tatame; era bem capaz d´eu me apaixonar por ela.

Terminei de ler "Chatô - O Rei do Brasil". Fiquei triste. O Assis Chateaubriand morre no final.
O livro é maravilhoso e o ator principal um gênio acima da lei.

Pela primeira vez penso seriamente em disputar uma vaga no serviço público. Quero ganhar muito e não ser demitido. O problema é aceitar que o colégio serve para nada e que fui feito de palhaço todos aqueles anos.

É isso.

3 comentários:

  1. meu amigo... compartilho desse sentimento... vc só esqueceu de dizer dos feriados prolongados e de não se preoucupar com o bom atendimento - vc nem pode ser desacatado...

    ResponderExcluir
  2. Olá Aldrin! Valeu pela visita em meu blog e, principalmente pelo comentário. Só gostaria de esclarecer uma coisinha, não sou contra os circos, só não gosto, e nunca gostei, de ver animais sendo expostos, pulando aros em fogo, levantando a patinha, etc. Pra mim parece muito um "circo de horrores", me deprime... Veja bem, a pouquíssimo tempo atrás, o método de adestramento de animais (domésticos) era feito com base na punição para se ter a obediência. Somente agora, recentemente é que essa visão tem mudado e o adestramento passou a ser feito com base no "prêmio" para a boa conduta.
    Infelizmente, não é isso que acontece na maioria dos circos. Os animais ainda recebem eletro-choques para uma simples levantada de patinha e outras tantas barbaridades... Você sabia que a maioria dos leões, tigres e tantos felinos, tem suas presas arrancadas? Tudo isso para que o público se delicie e palmas para um animal que nem sabe o porque daquilo tudo. Agora o mais triste e que esses animais, quando conseguem chegar à velhice, são abandonados pelos circos à própria sorte.
    Vi no seu perfil que você tem "O homem elefante" como um de seus filmes prediletos. Coincidência ou não, foi exatamente a partir do dia que vi esse filme que passei a entender toda a angústia que sentia ao ver esses animais num circo.
    Espero que me entenda...
    Beijos.

    ResponderExcluir
  3. IMPERADOR

    Trabalhar a semana inteira? (risos)

    ISABELLE

    Você me parece que entende muito do assunto e que o mesmo toca você. Isso é muito bom.

    Então teremos que repensar o papel do circo. Mudar as estruturas deles. Fiscalizar. Propor outras atrações.
    Eu não sei. Desculpe se pareço insensível, mas o "velho" circo da infância deveria ser preservado. É evidente que os pais também podem levar os filhos ao zoológico...
    É, alguma coisa precisa mudar. Crueldado com os animais não pode acontecer.

    O "Homem Elefante" não foi coincidência. É um motivo para discutirmos, entre outras coisas, filmes.
    = )

    Beijos

    ResponderExcluir

Olá, tudo jóia?
Escreva um comentário e participe.