Voltaire ajuda

Voltaire ajuda

domingo, 18 de outubro de 2009

18 DE OUTUBRO DE 2009

Por favor, leiam:

- Educação: ressaca depois da festa da aranha
- Esporte: o peladão francês
- Estadunidenses: Thomas Paine por Max Eastman
{ III }

Não tem clube ou cinema, mas tem muitos bares. O posto de saúde é longe de mais, longe de mais.
Ruim. O que os jovens tem para fazer aqui? E se alguém passar mal? Essa pessoa deve ir direto para o sobrecarregado João XXIII ?
De volta a Belo Horizonte. Esperando a sorte, a música e meu esforço. Será?


Para a TV Globo, o helicóptero da PM carioca não foi derrubado, foi “atingido”. Para a TV Record e a TV Bandeirantes o helicóptero foi “derrubado” mesmo.

Lembram dos ataques do Primeiro Comando da Capital à cidade mais rica/”importante” do Brasil, São Paulo? Poucos dias depois dos ataques, e permanecendo assim até hoje, o PCC já não era mencionado pelo nome. Mudou para: “São Paulo foi atacado por bandidos...”.

A cobertura dada pelo “Jornal Hoje” e “Jornal Nacional”, ambos da TV Globo, demonstram uma tentativa de minimizar ao máximo o fato inédito de um helicóptero das forças de seguranças ter sido destruído por criminosos.
No “Jornal Hoje” tivemos, sobre o assunto, o começo do primeiro e do segundo bloco e só. A cobertura foi boa, não me entendam mal; mas sem aquela carga emotiva que teve, por exemplo, uma reportagem sobre a epidemia de dengue.
O Jornal Nacional foi ainda pior para mim: terminei de ver o telejornal com a Sandra Annemberg e o Chico Pinheiro sorrindo de esperança com a provável vitória de Rubens Barrichelo na corrida de Fórmula 1, que aconteceria hoje.

Olimpíadas 2016. É preciso manter as aparências.
Compreensível, mas o Rio de Janeiro - não podemos esquecer - não vai deixar de ser o Rio de Janeiro de uma hora para outra só porque foi escolhida para sediar uma Olimpíada.

2 comentários:

  1. "o Rio de Janeiro - não podemos esquecer - não vai deixar de ser o Rio de Janeiro de uma hora para outra só porque foi escolhida para sediar uma Olimpíada." // Corretíssimo! E digo mais , assim como Pequim não deixou, por nenhum momento, de ser Pequim, mesmo com toda a sorte de crimes contra os direitos humanos...
    Enfim, torço pra que as Olimpíadas sirvam para uma nova mentalidade e atitude pra essa cidade que tanto amo e pra todo o nosso país...
    Ahhh, simplesmente AMO Los Hermanos! Quem já foi um adolescente tímido e um pouco fora dos "padrões de beleza", sabe muito bem o que é ser um "Cara Estranho"...O medo de não ser aceito... Tudo muito cruel...
    Beijão!

    ResponderExcluir
  2. Eu lembro de Pequim. Do clima q foi. "Free Tibet". Censura à imprensa. Violências.
    A China não mudou essencialmente, continua capitalismo selvagem misturado com comunismo sufocante.

    Tem um filme q talvez te agrade "welcome to the dollhouse" (Bem-vindo à casa das bonecas")

    Já q somos dois ex-desajustados. (risos)

    Beijão!

    ResponderExcluir

Olá, tudo jóia?
Escreva um comentário e participe.